domingo, 25 de outubro de 2009

Ache as linhas certas

Eu entrego o poder a você. Você sucumbi a ele. Eu entrego o poder a ele...
Deixe o poder com o poder.

A fé move soldados, também.

Quando um não quer, dois não brigam; ou não.

O Olhar penetrante e inquisidor, como que perguntando: "Questione-me; estou pronto, e você?"

É você que me quer? Tenha-me!

O Sono me nocauteia. Arranca a espada de minhas mãos. As palavras me atingem mas o sangue não brota das feridas. Estas serão para sempre presentes, e através delas nada mais entrará.

Decepção... Alvo de.

Flôr bela espanca, depois de ser espancada. Trata-se não de vingança mas de sobrevivência.

Vamos democratizar. Votamos mas influenciamos. A água sempre acha um caminho.

Caeem-se os pelos, fica a autoridade.

As fotos que trago na mente são de você.

O progresso progride para trás.